quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Começar uma viagem

Confesso que a barriga me dói quando me vejo a pôr a mochila às costas.

Tanto tempo desejei, tanto tempo esperei, mas quando chega o momento...

Tenho um mau pressentimento. Não me quero ir embora. Devia ficar. Não sei o que perco aqui.

Porque não posso fazer tudo?

Mas quando largo tudo, quando me vejo a embarcar. Quando desembarco. Tudo é diferente.

É a excitação de chegar ao Hotel, de encontrar quem nos espera. De ver o quarto. Torcer ou não o nariz perante a casa de banho. O pequeno almoço.

E ir embora conhecer um novo mundo. Ou conhecê-lo outra vez.

1 comentário:

Sara disse...

compreendo. que medo.