terça-feira, 10 de março de 2009

Roma

Fui a Roma este fim de semana que passou com a Joana e com a Asli. Finalmente acho que posso dizer que não me desiludi com uma cidade italiana. Não que tenha algo de extraordinariamente bom ou que seja a cidade da minha vida. Simplesmente é uma cidade grande, cheia de gente, cheia de italianos, de imigrantes, de jovens, idosos, turistas. Tem tudo. Não é como Perugia, pequenino pequenino. Não é como Florença, onde só se vê turistas e máquinas fotográficas.



Florença é lindo, sem dúvida. Mas esperava mais. O ambiente é tudo numa cidade. E Roma tem. E acho que exemplifica muito bem como são os italianos.

Nomeadamente, chegámos ao hostel (que tínhamos pago reserva) e disseram-nos que não sabiam de nada, que não tinham cama para as três, só para duas. Tendo em conta que em Roma todos os hostels enchem lá aceitámos, não sem tentar receber o dinheiro, mas o patrão nunca aparecia...

Mas foi giro o fim de semana. Lá fizemos o nosso percurso turístico no Sábado. À noite planeámos ir para Trastevere beber umas cervejas, ver se conhecíamos alguém, mas acabámos a comer gelados na fonte. Mas Trastevere é um Bairro Alto. Deu-me tantas saudades. Acho que é das coisas que mais sinto falta em Lisboa.

Acho que estamos a chegar ao limite do cansaço. Pelo menos eu estou. Sinto-me como no fim do interrail, já nem consigo andar. Foi o que nos aconteceu no domingo em Roma. Queríamos apanhar um autocarro para perto do Vaticano, mas metemo-nos logo no primeiro que apareceu, o 14. Começámo-nos a aperceber que estávamos a entrar nos subúrbios. Cada vez mais... o mais rídiculo é que andámos neste 14 umas duas ou três vezes, porque nada mais aparecia. O que precisávamos mesmo era do 19. Depois de horas à espera do 19, lá apareceu. Não sei quanto tempo ficámos lá dentro. Sei que fomos para os mesmos subúrbios. Passámos para os subúrbios ricos de Roma. Ainda consegui dormir. Lá saímos quando vimos o rio. Lá andámos até ao Vaticano, mas acho que nenhuma de nós queria andar mais. Limitámo-nos a sentar na Praça de S. Pedro e apanhar sol. É que aqui em Perugia ainda é Inverno. Em Roma é Verão :)

4 comentários:

sara mana disse...

boa boa, já vi que compraste uns super oculos de sol, vê lá se compras uns giros tb para a irmã querida!! brancos acho um máximooo!

quem me dera que me doessem os pés de andar a passear, aqui só me doem as costas de estar sentada num cadeira enquanto o sol brilha lá fora e as gentes se passeiam de top...

ve se poes + fotos da viagem, adoramos
beijao

Madalena Virtuoso disse...

e mesmo a unica coisa barata nesta terra! mas em roma ha tantos tao giros! depois levo para lisboa mais :)

eu pus montes de fotos no facebook, mas realmente prefiro q a mae e avo vejam por aqui! a tarde ponho mais!

hoje ta sol aqui tambem! tenho e aulas daqui a nada, mas depois vou para as escadinhas apanhar sol :)

beijinhoos!

mummy disse...

pela parte que me toca bigada. Só que te esqueces que a sara me inscreveu no facebook (mas eu não sei lá ir, descansa, já esqueci os códigos) para poder ver as fotografias e entretanto recebi imensos convites de adesão(?) que não respondi. Até de pessoas insuspeitáveis... Pois é, eu não curti muito roma, excepto trastevere e a zona perto do campo de fiori. Gostos indiscutiveis, mas que tb tem a ver com outro sentir a cidade

Madalena Virtuoso disse...

eu sei perfeitamente que a sara te fez facebook lool, por isso e q comentei!
tens q me ligar para combinarmos umas coisas para quando vieres!
baci!